Vencedora do Nobel da Paz diz que Facebook é “tendencioso contra fatos”

Jornalista disse que rede social "prioriza a propagação de mentiras ligadas à raiva e ao ódio sobre os fatos". Facebook afirmou investir na redução do alcance de conteúdo falso



A vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Maria Ressa, usou seu novo destaque para criticar o Facebook como uma ameaça à democracia, dizendo que o gigante da mídia social falha em proteger seus usuários contra a disseminação do ódio e a desinformação, além de ser “tendencioso contra os fatos”.

A jornalista veterana e chefe do site de notícias filipino Rappler disse à Reuters, em uma entrevista após ganhar o prêmio, que os algoritmos do Facebook “priorizam a propagação de mentiras ligadas à raiva e ao ódio sobre os fatos”.



Seus comentários somam-se à pilha de pressões recentes contra o Facebook, utilizado por mais de 3 bilhões de pessoas, após uma ex-funcionária acusar a empresa de colocar o lucro acima da necessidade de refrear o discurso do ódio e a desinformação. O Facebook nega qualquer ato ilícito.

5 visualizações0 comentário
Fotos
Fotos

press to zoom
Fotos
Fotos

press to zoom
1/1
PORTAL SKY
PORTAL SKY

press to zoom
PORTAL SKY
PORTAL SKY

press to zoom
1/1