• Redação

Toyota Hilux vai mal em teste do alce


A Toyota Hilux é um verdadeiro mito mundial quando o assunto é robustez e durabilidade. Também é bastante comum ver modelos da Hilux trafegando em terrenos inóspitos em cenários na África e Oriente Médio. Mas existe um ponto historicamente questionável em relação a suaestabilidade. E, por incrível que pareça, há indicativos de que o problema persiste.

Explicando melhor, houve grande repercussão em 2007 quando a Hilux do modelo anterior foi reprovada no famoso Teste do Alce. Essa avaliação é realizada na Suécia, país em que há muitos desses animais que inclusive cruzam as rodovias. Basicamente, a manobra do teste é baseada numa mudança de faixa repentina, na velocidade aproximada de 68 km/h, seguida do retorno à faixa inicial.

Depois daquele episódio, sempre foram comuns comentários acerca das dificuldades da picape em curvas. Mais recentemente, houve o lançamento da nova geração da Toyota Hilux, contemplada com mais itens de assistências eletrônicas. Desse modo e considerando que se passaram nove anos, esperava-se que as falhas estivessem superadas.

Para comprovar isso na prática, a revista sueca Tenikens Värld submeteu a nova Hilux a um novo teste do alce. E como você poderá ver nas imagens a seguir, os resultados foram muito decepcionantes. Isso é ainda mais acentuado quando vemos as imagens comparativas em relação ao comportamento das suas concorrentes, como a Ford Ranger, RAM 1500, Nissan Frontier e principalmente Volkswagen Amarok.

O teste inicial foi realizado com a Hilux vermelha equipada com rodas de 18 polegadas utilizando pneus 265/60. Posteriormente, houve o teste com outra Hilux prata, que contava com rodas de 17 polegadas e usava pneus 265/65. A segunda foi ligeiramente melhor, mas ainda com clara tendência de capotamento. Para a revista, isso mostra problemas no comportamento dinâmico da picape quando são considerados pneus diferentes.

Veja agora as surpreendentes imagens do teste do alce da Hilux e diga o que você achou do resultado. Logo abaixo do vídeo, há a declaração da Toyota a respeito desse caso:



0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now