Polícia Militar de Maracaju prende homem que tentou matar a ex-namorada e roubar carro


Weslei Augusto de Rezende (35), foi preso entre o fim da tarde e o início da noite de ontem (8), na rodovia MS-162, entre Maracaju e Sidrolândia, após ter tentado enforcar a ex-namorada, com uma corda, dentro do carro da própria vítima.

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher trabalha em uma farmácia, que fica na Rua Hayel Bon Faker, na cidade de Dourados. Quando por volta das 15:00h, ela saiu do local e entrou no seu veículo. O homem fez o mesmo, porém pela porta traseira, e pediu para conversar.

A vítima se recusou, e usando uma “corda”, Weslei tentou enforcar a ex-namorada, que com a ajuda de amigas, conseguiu escapar do indivíduo, e registrou o caso na DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher).

O homem acabou fugindo com o carro, sendo perseguido pela Polícia Militar de Maracaju que ao avistar o utilitário em alta velocidade, suspeitou que seria transporte de droga.

Foi dada ordem de parada, no entanto, Weslei só parou ao entrar numa estrada vicinal. Questionado, ele contou aos policiais militares que tinha tentado matar a ex-namorada na cidade de Dourados.

Diante disso, ainda conforme o boletim de ocorrência, policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Dourados, foram até Maracaju, e o autor preso, sendo encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Weslei é acusado de descumprimento a ordem judicial, roubo e tentativa de feminicídio.

Fuga, perseguição e prisão do autor por policiais militares de Maracaju

Uma Guarnição da Polícia Militar de Maracaju retornava de uma escolta de preso da penitenciária da cidade de Dois Irmãos do Buriti pela Rodovia MS-162 sentido Sidrolândia / Maracaju, quando em dado momento visualizou um veículo que fazia o sentido contrário, e que ao ver a viatura freou bruscamente e entrou em uma estrada que dá acesso a indústria BBCA.

Fato este que levantou suspeita dos militares em relação a atitude do condutor, momento este que se iniciou um acompanhamento tático, com as luzes intermitentes ligadas e com os sinais sonoros ativos (sirene), sendo que o condutor não obedecia a ordem de parada, andando em alta velocidade e expondo a risco os outros condutores de veículos que transitavam pelo local. O acompanhamento tático perdurou por cerca de 8 km, até quando o autor invadiu a sede de uma fazenda, abandonou o veículo ainda em movimento e correu em direção a lavoura de soja próximo a uma mata. O veículo Fox ainda bateu na traseira de uma camionete Amarok que estava estacionada, causando avarias no para choque traseiro da caminhonete e danificando a frente do veículo Fox.

Os policiais militares iniciaram a busca ao autor, vindo a localizá-lo abaixado na lavoura de soja já próximo à mata. Ao realizar a prisão do autor e questionado o porquê de não ter obedecido a ordem de parada emanada pelos militares, o mesmo apenas informou que teria brigado com a ex-namorada por nome L. S. P. na cidade de Dourados, e estaria indo passar uns dias na casa de sua tia na cidade de Campo Grande. Ao fazerem a vistoria no veículo, percebeu-se que os pertences da vítima L. S. P. ainda estavam no seu interior, como a bolsa, celular e roupas. Diante da situação inusitada, os policiais militares entraram em contato via telefonema com o trabalho de L. S. P. (drogaria) na cidade de Dourados e em conversa com uma funcionária, a mesma informou que L. S. P. teria sido agredida por Wesley na rua ao lado a drogaria, e que ela estaria na delegacia da mulher para registrar o ocorrido.

Diante dos fatos narrados, o autor e o veículo foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Maracaju para que fosse feito os procedimentos de praxe.


Credito Maracaju Speed / Foto Robertinho

19 visualizações0 comentário

1/1

1/1
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now