Leilões movimentaram quase R$ 15 milhões

Foram comercializados 3.912 animais, resultando um faturamento geral de R$ 14.945.990,00.



A ACRICAM (Associação dos Criadores de Camapuã), responsável pela realização da EXPOCAM (Exposição Agropecuária de Camapuã) que é realizada todos os anos no mês de maio, divulgou o resultado dos leilões de gado ocorridos neste ano de 2021, que mesmo sem a presença do público devido a pandemia do Coronavirus, alcançou um bom resultado.

Foram realizados quatro leilões, todos com gado de corte para cria, recria e engorda.

O primeiro foi o 34º Leilão do Criador, onde foram ofertados mais de mil fêmeas nelore, realizado no dia 10/05 pela Elo MS, com premiação para os cinco melhores lotes do leilão, onde o grande campeão foi a Fazenda Patricia, do proprietário Marcelo Alves Pinto, que ofertou um lote de 25 bezerras de 8 a 10 meses, com peso médio de 262kg, que foi arrematado por R$ 5.800,00 cada uma.

O segundo foi o Leilão Fazenda 3R, do saudodo Rubens Catenacci, o grande responsável por Camapuã hoje ser conhecida nacionalmente como a "Capital do Bezerro de Qualidade". O leilão foi relizado em 12/05 pela WF Comércio de Gado e Leilogrande leilões Rurais e ofertou mais de mil animais entre machos e fêmeas nelore, nelore pintado e cruzamento industrial.

O terceiro leilão e também o mais esperado, foi o Leilão do Fazendeiro, que teve a sua 31ª edição neste ano de 2021. Foram comercializados 1.000 bezerros nelore de 8 a 12 meses.

Conhecido nacionalmente pela qualidade dos bezerros e também pelos altos preços alcançados, principalmente os lotes premiados, já que o leilão sempre classifica os 5 melhores do leilão, com avaliação de um juiz especializado e credenciado junto a ABCZ.

O leilão se tornou famoso por ter somente bezerros de corte e sempre premiar os cinco melhores e mais pesados lotes do evento, isso fez com que os pecuaristas de Camapuã e região, preparasse lotes especiais e com isso, conseguir preços acima da média do mercado.



O quarto leilão, também muito esperado, foi o XX Circuito de Leilões Fazendas Bartira - 1ª Etapa Virtual, onde foi ofertado 1.500 animais machos e fêmeas nelore e cruzamento industrial.

Os leilões ajudam a impulsionar a economia local em vários setores, muitos donos de caminhões boiadeiros ficam na expectativa de chagar os leilões da Expocam para faturar com várias viagens transportando o gado para os leilões e depois para as fazendas dos compradores, este ano foram quase 4 mil animais transportados. Outro setor que se aquece com os leilões de maio são dos hotéis da cidade, que apesar de não ter público nos eventos devido a pandemia, muitos compradores vieram até Camapuã para ver de perto nos mangueiros durante o dia o gado que foi comercializado. Além dos setores de combustíveis, restaurantes, mão de obra para o manejo do gado nos leilões e outros.


Já são dois anos sem a tradicional Expocam, a diretoria atual da ACRICAM, que tem como Presidente o empresário Paulo Valcanaia, espera que para 2022, possa realizar sua primeira festa estando no comando da entidade.

Com Informações do Infocoms.

1 visualização0 comentário