Diesel pode ficar mais caro com o fim do leilão do biodiesel

Uma nova crise é esperada no mercado do biodiesel. A partir do dia primeiro de janeiro de 2022, os leilões por oferta do biodiesel deixarão de existir e a negociação passará a ser direta entre distribuidoras e produtores.


Com a mudança o preço do diesel, que tem o biodiesel em sua mistura, acabará ficando mais caro e as mercadorias que circulam dentro dos caminhões acompanharão o valor.


O diesel chegou nas refinarias fechando outubro com aumento de 65,5%. Para o consumidor final, esse valor se mostrou com alta de 56%, enquanto o biodiesel teve um aumento de 0,1%, segundo a Ubrabio. A união do biodiesel também reflete sob o risco à saúde nas mudanças, já que poderá deixar com menor margem de controle os níveis de inconformidade no combustível. Redação – Brasil do Trecho

14 visualizações0 comentário
Fotos
Fotos

press to zoom
1/1