Ano de eleições, Governo de MS retira cobrança de taxa mínima da Sanesul

O que vemos nesses dias o Governo do Estado realizando o verdadeiro "pacote de bombadades" para a população que amargou aumento de impostos e cobranças mesmo meio a pandemia.



Apos retirar cobrança de impostos sobre moto até 160 cilindradas, agora vemos uma "correção" no preço da Sanesul que removeu a cobrança minima da água.


Até hoje o cidadão consumindo ou não até oito metros cúbicos paga pela ligação do ponto de água. No caso residencial paga R$ 53 e no caso do comercial R$ 68,40. Então, fizemos essa redução e a tarifa mínima praticamente parou de existir. Só tem a taxa de ligação que vai custar R$ 13 para quem não consumir nada. Quem tiver zerado. Quem consumir um metro cúbico, dois metro cúbico tem um acréscimo, e conforme o consumo pagando o valor de treze reais da tarifa aberta", explicou o governador.

Redução da taxa de esgoto

Outra mudança citada pelo governador é a unificação da tarifa de esgoto em 50% para todos os municípios atendidos pela Sanesul. Com isso, 11.250 clientes terão redução na conta. Além disso, a tarifa social continua garantida para 12 mil famílias que cumprem os critérios como estar adimplente com a empresa de saneamento, ter consumo de até 20 m³ e comprovar renda familiar de até 1 salário mínimo.

8 visualizações0 comentário
Fotos
Fotos

press to zoom
Fotos
Fotos

press to zoom
1/1
PORTAL SKY
PORTAL SKY

press to zoom
PORTAL SKY
PORTAL SKY

press to zoom
1/1